Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Flamengo paga impostos atrasados e acerta novo patrocínio

Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Flamengo anunciou nesta quinta-feira que pagou cerca de R$ 8 milhões em impostos atrasados do Refis e da Timemania. Com isso, o clube vai evitar as penhoras das cotas de TV e patrocínio. O vice de finanças, Rodrigo Tostes, destacou que os problemas permanecem, mas ressaltou que o trabalho será para colocar as contas em dia.

“O pagamento dos R$ 8 milhões evita novas penhoras e demonstra que não estamos aqui brincando de administrar o clube. O Flamengo voltará a ser respeitado. Vamos precisar de algum tempo, mas o Flamengo vai colocar as contas em dia. Começamos pelo nosso maior credor, que é o Fisco. Eles já entenderam que o Flamengo mudou”, disse Tostes.

Após a saída de Vagner Love e a contratação de apenas um reforço de peso – o volante Elias, ex-Sporting-POR -, o dirigente deixou claro que a prioridade da nova diretoria é colocar as contas do clube em dia.

"Em 15 dias fomos capazes de executar nossa proposta de gestão e estamos pagando os impostos em dia", completou.

O pagamento dos impostos veio um pouco antes do anúncio oficial do primeiro patrocínio da era Bandeira de Mello. Em nota, a diretoria revelou que a Peugeot será apresentada em coletiva de imprensa, na próxima segunda-feira (21). Os dirigentes buscam a composição de três patrocinadores, que deverão se revezar na estampa da camisa rubro-negra. Os valores do negócio ainda não foram divulgados.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade