Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Ibson não confirma saída, mas se diz “triste” com momento no Fla

Rio de Janeiro (RJ)

Autor do gol rubro-negro durante o empate do Flamengo por 1 a 1 com o Madureira, nesta quarta-feira, o volante Ibson não escondeu na saída do gramado o desconforto com o momento próprio vivido dentro do clube. Sem citar quais seriam os alvos de seu descontentamento, o jogador se limitou a admitir mais de uma vez sua “tristeza” – ele, inclusive, não comemorou o gol marcado.

“Estou triste pela forma como as coisas vêm acontecendo, mas faz parte do futebol. Cheguei ao Flamengo quando tinha nove anos, mas algumas coisas acontecem e a gente fica triste”, disse.

Quando perguntado se o jogo desta quarta teria sido o último dele pelo Flamengo, o volante desconversou, mas deu uma pista sobre quais os motivos que o têm levado a se decepcionar: o vazamento de informações internas do clube.

“Isso [saída do Fla] você tem que perguntar para o meu empresário, o Eduardo Uram. Algumas coisas acontecem, e a gente fica triste pelo jeito como essas situações são expostas”, explicou.

Nas últimas semanas, surgiram informações de que a nova diretoria do Fla estaria disposta a negociar Ibson, por conta do alto salário do jogador, algo semelhante ao que vem acontecendo com Liédson. Além disso, o volante vem tendo seu desempenho contestado constantemente por boa parte da torcida rubro-negra.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade