Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Após seis anos, Kovalainen estranha falta de mercado na Fórmula 1

Helsinque (Finlândia)

O finlandês Heikki Kovalainen dificilmente estará no grid da Fórmula 1 em 2013 e estranhou que seu nome não tenha sido vinculado à disputa por vagas após seis anos consecutivos andando na categoria. O europeu disputou as últimas três temporadas pela Caterham, Lotus em 2010 e 2011, mas deve perder a vaga na equipe.

A escuderia já anunciou a contratação do francês Charles Pic para 2013 e seu outro carro é disputado por pilotos que querem permanecer na categoria, como Bruno Senna e o russo Vitaly Petrov, e outros que querem estrear na Fórmula 1, como o baiano Luiz Razia e o holandês Giedo van der Garde.

“Achei que depois da última temporada e dos últimos anos estaria em uma posição melhor no mercado. É uma situação complicada a em que estou agora. Apesar de as pessoas dizerem que você tem pilotado bem e feito um bom trabalho, o fato é que ser o 15º, 16º ou 17º no papel não é tão bom quanto alguém que chega em sexto, sétimo, oitavo”, analisou Kovalainen em entrevista ao site britânico Autosport.

O piloto finlandês chegou à Fórmula 1 em 2006 como piloto de testes da Renault. No ano seguinte, assumiu o posto de titular da equipe e o sétimo lugar do Mundial, com direito à segunda colocação do GP do Japão, o fez acertar com a McLaren. Kovalainen permaneceu dois anos na tradicional escuderia britânica, mas decepcionou e acabou acertando com a equipe do malaio Tony Fernandes em 2010.

“É claro que estamos trabalhando para ver se conseguimos algo, mas o problema é que os resultados que tive nesses últimos dois ou três anos não foram suficientes para me colocar em um carro de elite e as equipes médias estão em uma situação em que precisam de pilotos pagantes. Isso elimina toda a metade de trás do grid”, afirmou o piloto.

AFP
Heikki Kovalainen andou na Caterham por três anos e deve ficar sem vaga na Fórmula 1 em 2013

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade