Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Ferrari contrata De la Rosa como piloto de desenvolvimento

Madonna di Campiglio (Itália)

O espanhol Pedro de la Rosa tem emprego garantido na Fórmula 1 mesmo após o encerramento das atividades da Hispania, equipe pela qual disputou o último Mundial da categoria. O veterano foi contratado pela Ferrari para atuar como piloto de desenvolvimento no simulador do time.

Prestes a completar 42 anos de idade, ele se juntará a seu compatriota e também veterano Marc Gene para avaliar e ajudar a desenvolver as atualizações para o carro da escuderia italiana. A maioria do trabalho dos espanhóis deve ser realizado no simulador da Ferrari, na fábrica de Maranello.

“Devemos antecipar os problemas que podemos ter e nos focar em simulação. Pensamos que Pedro é a pessoa certa para desenvolver esse tipo de atividade por ser um piloto que se encaixa bem dentro do nosso grupo”, disse o chefe da Ferrari, Stefano Domenicali.

Com passagem pela McLaren, Pedro de la Rosa foi contratado também por ser amigo do espanhol Fernando Alonso, titular da Ferrari e um dos principais candidatos a brigar pelo título do Mundial de 2013.

“Claramente o fato de Pedro ter uma boa relação com Fernando Alonso e Felipe Massa algo positivo, mas a decisão foi puramente técnica”, explicou o dirigente do time italiano.

AFP
Pedro de la Rosa andou em 2012 pela Hispania e segue na Fórmula 1 como reserva da Ferrari

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade