Fórmula 1/Bastidores - ( - Atualizado )

Glock confirma saída da Marussia; destino deve ser o DTM

Berlim (Alemanha)

Poucas horas após o jornal Bild cravar a sua saída da Marussia, o alemão Timo Glock tratou de esclarecer as especulações envolvendo o seu nome e confirmou a sua rescisão com a equipe russa. O destino do piloto deve ser o DTM, corrida alemã de carros de turismo.

“Eu experimentei três ótimos anos com a Marussia. Quero assumir novos desafios e continuar minha carreira no automobilismo”, revela Glock ao jornal alemão. Segundo o piloto, a rescisão foi feita em comum acordo. “Rompemos como amigos”, garante.

O destino dele deve ser o Campeonato Alemão de Carros de Turismo (DTM), categoria que conta com ex-pilotos da Fórmula 1 como David Coulthard e Ralf Schumacher. Conforme denunciado pelo twitter de Dirk Muller, piloto da BMW na competição, o alemão deve juntar-se ao estreante Robert Kubica nos treinos da equipe já nesta semana.

Com a saída de Glock da Marussia, dois pilotos brasileiros voltam a ter esperanças de estar no grid da Fórmula 1 em 2013 a pouco menos de dois meses do início da temporada. Antes da contratação de Max Chilton como parceiro de Glock, Bruno Senna e Luiz Razia foram especulados na equipe russa. Além deles, o japonês Kamui Kobayashi é outro que pode negociar com a escuderia.

AFP
Após três anos, Timo Glock deixa a Marussia: alemão deve competir no turismo de seu país

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade