Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Médico de Silverstone é indicado como chefe de resgate da F-1

Paris (França)

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) escolheu o britânico Ian Roberts como novo coordenador de resgate médico da Fórmula 1. Ele ocupa o lugar de Gary Hartstein, que não teve seu contrato renovado com a categoria ao fim da temporada passada.

Roberts era o chefe médico do circuito de Silvertsone e do Grande Prêmio da Inglaterra de F-1, realizado no autódromo consecutivamente desde 1987. A partir de agora, ele se reporta ao Professor Jean-Charles Piette, delegado médico permanente da FIA na Fórmula 1.

A saída de Harstein ao fim de 2012 gerou preocupação entre os pilotos da categoria, que planejaram até uma reunião com a FIA para discutir a decisão. Mas o próprio médico parabenizou a indicação de Ian Roberts para ocupar o seu lugar na F-1.

“Parabéns, Ian. Com certeza estaria na minha lista. Um médico realmente bom, líder hábil, grande cara. Muita sorte e aproveite”, escreveu Harstein em sua conta no Twitter.  

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade