Futebol/Campeonato Francês - ( - Atualizado )

Antes de estreia no PSG, Lucas reclama de frio e saudades do Brasil

Paris (França)

A torcida francesa não esconde a ansiedade depositada em cima da estreia de Lucas no Paris Saint-Germain. O técnico Carlo Ancelotti deverá escalar o jogador pela primeira vez na partida desta sexta-feira, contra o Ajaccio, no Parque dos Príncipes, e deixou o meia ainda mais entusiasmado com sua estadia na França. O único obstáculo enfrentado até agora é o frio e as saudades dos amigos e parentes.

"A cidade é maravilhosa, muitos lugares para visitar. Estou sofrendo um pouco com o frio, não estava acostumado com isso no Brasil, mas vou me adaptando aos poucos. A comida também é um pouco diferente. Mas estou me adaptando legal e isso é o mais importante”, declarou Lucas, através de seu site oficial.

O armador também comentou sobre a sua rotina e os programas feitos para não sentir tanta falta de sua casa no Brasil. “Bate uma saudade dos parentes, dos meus amigos, do pessoal do São Paulo. Aqui é um pouco diferente, mas estou gostando muito e me adaptando. Quero chegar para ajudar o grupo e ser campeão. Já conheci bem a cidade, tirei fotos, conheci restaurantes... Agora vou procurar uma casa para morar”, destacou.

AFP
O meia Lucas aguarda o "calor" da torcida francesa em sua estreia pelo PSG, nesta sexta-feira, contra o Ajaccio
Lucas já esteve em campo pelo PSG durante a pré-temporada realizada em Doha, no Catar. O brasileiro atuou durante 45 minutos em um amistoso contra Lekhiwya e não balançou as redes na goleada por 5 a 1. Mesmo com a atuação discreta, o atleta ganhou elogios de Ibrahimovic e Carlo Ancelotti e agora aguarda pela calorosa recepção preparada pela torcida parisiense.

“Estou me sentindo muito bem fisicamente e tecnicamente. Estou na expectativa dessa estreia oficial. O entrosamento com o time vai acontecer aos poucos. Eles vão conhecer o meu jogo com o tempo e, com isso, a minha responsabilidade vai aumentar. Estou ansioso. Já fui ao estádio, conheci e é muito lindo. Quero sentir o calor da torcida, ver como é disputar uma competição europeia. Espero que dê tudo certo”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade