Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Apresentado, Lucas quer escrever "nova página" na história do PSG

Doha (Catar)

A trajetória de Lucas fora do futebol brasileiro, definitivamente, já começou. No domingo, o jogador desembarcou em Doha, no Catar, na segunda-feira, realizou exames médicou e tirou uma foto com a camisa de seu novo clube e, nesta terça-feira, no Museu de Arte Islâmica de Doha, foi oficialmente apresentado como jogador do Paris Saint-Germain.

Contratado pelo valor de 43 milhões de euros, a negociação foi a maior já feita no futebol brasileiro. Com vínculo até 2017, o jogador comentou a expectativa de jogar pelo novo clube e a influência que Leonardo teve na transferência para o PSG.

Divulgação/PSG
Lucas poderá estrear pelo clube francês, nesta quarta-feira, em amistoso realizado em Doha, no Catar

“Eu estou feliz em saber que o treinador está contando comigo, o futebol é a minha vida e eu vou fazer de tudo para alcançar o nosso objetivo. Estou tentando evoluir no meu novo clube, depois de ter dado tudo pelo São Paulo. O PSG é um grande clube. Este é um grande desafio que me espera aqui e Leonardo me ajudou a tomar essa decisão”, afirmou o ex-tricolor.

“O PSG está a evoluindo e tem uma longa história com jogadores brasileiros. Espero que possa escrever uma nova página nessa história. Vou me juntar a grandes jogadores e lutar pelo objetivo de me tornar o número um”, concluiu.

Na apresentação, além de Lucas, Leonardo e o presidente do clube também falaram o que esperam com o brasileiro na equipe e a expectativa para o PSG no ano. “Eu gostaria que Lucas tivesse todo o sucesso com o Paris Saint-Germain no Campeonato Francês e nas competições internacionais. Quero agradecer a Leonardo, Jean-Claude Blanc e toda a liderança do clube, porque não era fácil assinar com Lucas. O PSG vai formar um time para estar entre os melhores da Europa e do mundo”, afirmou o presidente Nasser Al-Khelaifi.

AFP
A venda de Lucas foi a mais cara do futebol brasileiro

Com o perfil já presente no site da equipe francesa, Lucas ainda não tem um número de camisa definido, que deve ser escolhido com o fim do mercado de transferências. “Lucas não tem o número definitivo ainda porque estamos esperando para ver como o mercado de transferências vai evoluir. Em breve, ele jogará com o número 29, mas não será o número final”, afirmou Leonardo, diretor de futebol do PSG. A camisa 7, usada pelo craque no São Paulo, atualmente, é usada por Jérémy Ménez. Outras opções de números mais famosos também já estão ocupados, como é o caso do 10, usado pelo brasileiro Nenê, e o 11, utilizado por Lavezzi.

Lucas começará a treinar com o elenco nesta terça-feira à tarde, podendo estrear pelo clube já na quarta, no amistoso contra o Lekhwiya, em Doha. Caso não entre em campo, o próximo desafio da equipe francesa é no dia 20 de janeiro, contra o Bordeaux, pelo Campeonato Francês.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade