Futebol/Sul-americano Sub-20 - ( - Atualizado )

Argentina leva empate da Bolívia no final e segue sem vencer

Mendoza (Argentina)

A crise da seleção argentina parece não ter fim no Sul-americano Sub-20. Depois de perder as duas primeiras partidas, para Chile e Paraguai, a Argentina entrou em no gramado do estádio das Malvinas Argentinas e não conseguiu superar a limitada Bolívia na terceira rodada. Na frente do placar até os minutos finais, os Hermanos foram punidos com gol de pênalti, que definiu o empate em 2 a 2.

Logo aos 11 minutos de jogo, os bolivianos saíram na frente em chute de fora da área do meio campista Danny Bejarano. A desvantagem argentina persistiu por todo o primeiro tempo, mas se transformou em esperança aos três minutos da etapa complementar em gol de cabeça do centroavante Lucas Melano.

Antes dos 20 minutos, os donos da casa conseguiram virar a partida e gol do bom atacante Luciano Vietto, mas a alegria no estádio em Mendoza acabou aos 42 minutos. Lautaro Gianetti tocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Rodrigo Vargas não vacilou e garantiu o empate.

AFP
Mesmo apoiados pela torcida, jovens argentinos ainda não se encontraram na competição e podem ser eliminados
Mais cedo, o Chile encarou a Colômbia lutando pela liderança isolada do grupo B. Com as melhores atuações dos torneios até aqui, as duas seleções se enfrentaram em Mendoza e os chilenos saíram com a vitória por 2 a 1, mesmo com dois jogadores a menos. Cristian Cuevas e Igor Osorio marcaram para La Roja, enquanto Juan Quintero descontou.

Os resultados fazem com que o Chile mantenha os 100% de aproveitamento na competição, com nove pontos conquistados. A Colômbia se mantém com três pontos e na segunda posição, já que o Paraguai folgou na rodada. Já Argentina e Bolívia conseguiram marcaram seus primeiros pontos no Sul-americano.

Na quarta rodada, colombianos e bolivianos entram em campo às 21 horas (de Brasília) de terça-feira. Mais tarde, é a vez de paraguaios e chilenos se enfrentarem no estádio das Malvinas Argentinas. Tentando se recuperar, a Argentina fica de folga na rodada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade