Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Com um título e muitos recordes, Messi não elege 2012 seu melhor ano

Buenos Aires (Argentina)

Messi teve muito o que comemorar em 2012 em sua carreira, pelo menos no âmbito pessoal. O argentino tornou-se o maior artilheiro da história do Barcelona e o maior goleador de um mesmo ano, quebrando um recorde que durava 40 anos. No entanto, o meia não considera o ano, como o melhor da carreira.

“Não acho que posso avaliar assim. Sempre espero melhorar em tudo. Ao menos, paro para pensar o que mudou na minha forma de jogar neste ano”, declarou ao diário argentino Olé.

Apesar do grande número de recordes individuais, o ano não foi tão bom para o seu clube, o Barcelona, que levou apenas a Copa do Rei, vendo o Real Madrid ficar com o título espanhol e caindo nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa para o Chelsea, que seria o campeão.

AFP
Apesar do grande ano no plano individual, Messi não conseguiu muitos títulos com o Barça

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade