Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Ferdinand afirma que foi ameaçado para renovar com Manchester United

Manchester (Inglaterra)

Contratado pelo Manchester United junto ao Leeds em 2002, o zagueiro Rio Ferdinand passou por situação embaraçosa para renovar seu vínculo com o clube comandado por Alex Ferguson, em 2004. Em entrevista à revista Four Four Two Magazine, o defensor revelou que, após ser visto ao lado do então vice-presidente executivo do Chelsea, Peter Kanyon, foi ameaçado por torcedores na porta de sua casa para assinar a extensão contratual.

Após ser fotografado em um restaurante ao lado do dirigente do clube de Londres, Ferdinand estava em sua residência quando a campainha da casa tocou. O zagueiro foi até a porta de entrada e não encontrou ninguém. No entanto, pouco tempo depois, acabou surpreendido.

”Fui para o lado da porta e peguei um pedaço de madeira. Quando estava preparado para atacar, vi um grupo de torcedores com os rostos cobertos. Então, um deles disse: ‘Somos os United Boys, assine já o novo contrato’”, revelou Ferdinand. “Respondi que já estava negociando há cerca de dois meses e não percebia a razão da preocupação”, encerrou o zagueiro, que destacou que os torcedores foram embora quando ouviram sirenes da polícia.

Aos 34 anos, Ferdinand tem contrato com o Manchester United até o final desta temporada. Segundo divulgou o jornal inglês Daily Mail, o vínculo não deve ser renovado e o defensor atuará por um novo time em 2013/2014. Clubes da Inglaterra, Oriente Médio e Estados Unidos seriam os principais interessados na contratação do defensor.

AFP
Após oito anos atuando pelo Manchester United, Rio Ferdinand está próximo de deixar equipe inglesa

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade