Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Irritado, Florentino Pérez desmente ultimato por saída de Mourinho

Madri (Espanha)

Após o jornal espanhol Marca publicar, nesta quinta-feira, que Iker Casillas e Sergio Ramos deram ultimato pela demissão de José Mourinho ao término desta temporada, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, tratou rapidamente de desmentir o boato. Em entrevista coletiva concedida no estádio Santiago Bernabéu, o mandatário negou que os atletas tenham feito este pedido durante reunião e mostrou irritação com os rumores.

“Diante da gravidade do que aconteceu hoje, rompo minha norma de não falar. É completamente falso que na reunião de capitães foi feito algum tipo de ultimato. A reunião foi em um clima magnifico. Não é certo o que foi dito, nem em conteúdo e nem em quantidade. Assumo as críticas, mesmo que ache isso uma injustiça”, disse.

Segundo o jornal espanhol, Casillas e Sergio Ramos, apontados como líderes no vestiário do Real Madrid, afirmaram que diversos jogadores estão insatisfeitos com as atitudes de Mourinho e deixarão o clube caso o treinador não seja demitido em junho deste ano. O goleiro teria afirmado que o português é o “melhor técnico com quem já trabalhou”, mas que “voltou louco” para esta temporada e pediu uma decisão à Florentino Pérez e ao diretor geral José Angel Sanchez: “ele ou nós”.

AFP
Campeão espanhol, da Copa do Rei e da Supercopa da Espanha, Mourinho segue prestigiado por Florentino Pérez

“Éramos quatro na reunião. Dois de nós estão aqui e os outros dois (Casillas e Sergio Ramos) têm cara e olhos. O que foi publicado é de grande seriedade e mentira”, completou. “Vim desmentir uma informação falsa que tem por objetivo desestabilizar o maior clube do mundo. Sei que é uma intervenção dura, mas tudo tem limite”, encerrou.

Comandante do Real Madrid desde 2010, Mourinho tem contrato com a agremiação espanhola até 2016, mas uma possível saída antecipada foi cogitada após problemas de relacionamento com jogadores da equipe e mau desempenho no campeonato nacional. Atual campeão, o time branco é o terceiro colocado na tabela de classificação, com 15 pontos de desvantagem (55 a 40) em relação ao líder, Barcelona.

Manchester United, Chelsea e Paris Saint-Germain já foram citados por veículos europeus principais interessados na contratação de Mourinho. O jornal britânico Daily Star divulgou, nesta semana, que o português tem trocado mensagens secretas com o presidente do clube londrino, Roman Abramovich, para acertar retorno ao time que comandou entre 2004 e 2007.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade