Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Para empresário de Pato, “não existe nada” capaz de impedir acerto

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Gilmar Veloz não tem dúvida de que Alexandre Pato vestirá a camisa do Corinthians. Antes de entrar em reunião para definir a transferência do atacante, o empresário voltou a adotar um tom otimista em relação à negociação e apontou um desfecho próximo: “Não existe nada que possa impedir o acerto”.

No entanto, mesmo com todas as partes dispostas, a transação não é das mais simples. Quando as tratativas envolvem 15 milhões de euros (R$ 40,4 milhões) – por 100% dos direitos do jogador de 23 anos –, é necessária atenção a muitos detalhes.

“Estamos trabalhando, a gente não para de trabalhar. O que posso dizer é que estamos trabalhando muito”, resumiu Veloz, enquanto discutia pontos específicos do acordo com dirigentes do Timão e com o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani.

A estrutura básica da venda já foi aprovada pelo presidente do Milan, Silvio Berlusconi. E Galliani, que chegou ao Rio de Janeiro na semana passada e tinha volta à Itália marcada para 29 de dezembro, acabou permanecendo no Brasil para sacramentar o negócio.

De acordo com Veloz, “o Corinthians está fazendo um esforço enorme” para fechar a transação. Já faz tempo que o Alvinegro está de olho no jogador, que chegou a assistir à decisão da Copa Libertadores do ano passado no estádio do Pacaembu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade