Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Acostumado à Europa, Lúcio tenta deixar timidez de lado no Brasil

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Doze anos na Europa fizeram Lúcio esquecer as brincadeiras comuns nos treinamentos das equipes brasileiras. De volta, com a camisa do São Paulo, o zagueiro tenta se livrar da timidez que o acompanhou fora de campo nos times alemães e italianos que defendeu.

"Lá fora era mais difícil, até porque em alguns anos eu era o único brasileiro da equipe. Agora, aqui no Brasil, com a mesma língua, estou conhecendo bem os companheiros. Já tive oportunidade de jogar com alguns, e a adaptação é muito mais rápida", disse.

Do elenco são-paulino na temporada passada, apenas cinco atletas são recém-chegados. Ao lado dos atacantes Aloísio, Negueba e Wallyson e do lateral esquerdo Thiago Carleto, que voltou de empréstimo, o defensor de 34 anos é um deles. Apesar do pouco tempo, ele já vê algum entrosamento além das quatro linhas.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Lúcio foi contratado em dezembro e está a dois dias da estreia com a camisa são-paulina
"Já estive mais tímido, agora estou um pouco mais descontraído dentro do grupo. Depois de ter passado um longo período na Europa, eu estava com saudades dos momentos de descontração, de brincar, contar histórias. Isso faz muita falta para quem joga lá fora", comentou.

O que tem ajudado a unir os jogadores é a concentração em tempo integral no CT de Cotia desde 3 de janeiro. O período de preparação, no entanto, acaba na sexta-feira, véspera da partida contra o Mirassol, no Morumbi, pela estreia do Campeonato Paulista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade