Futebol/Campeonato Paulista Série A3 - ( - Atualizado )

Apresentado na Francana, Aloísio diz não a regalias e quer acesso

Franca (SP)

Depois de ter sua apresentação adiada por conta de um acidente sofrido por sua mãe, Dona Maria, Aloísio finalmente vestiu a camisa da Francana. Considerado pelo clube a maior contratação nos 100 anos de história, o Chulapa chega ao interior de São Paulo pregando humildade para conseguir recolocar a equipe na Série A2 do Paulistão.

Experiente e dono de títulos no Brasil e no exterior, o centroavante, que defendeu o CRB na última temporada, garante que não quer ser mais do que ninguém.

“Todos serão iguais. O que oferecer pra mim, tem que oferecer para o roupeiro, para todos. Assim que a gente consegue nosso objetivo”, destacou, em entrevista à EPTV.

O principal objetivo para o rodado atacante é conseguir um acesso com a Francana, estacionada na terceira divisão paulista há sete anos. “Vamos fazer de tudo para, neste ano, centenário do clube, dar alegria aos torcedores”, enfatizou.

Divulgação
Com camisa da Francana, Aloísio foi apresentado
Aos 37 anos – mas há menos de um mês de completar 38 –, Aloísio Chulapa não considera a idade um problema e assegura ter condições de jogar. Em 2012, sofreu com seguidos problemas físicos, e só esteve em campo 20 vezes, marcando apenas dois gols.

“Veja o Rivaldo”, começa, fazendo referência ao campeão mundial de 2002 e, hoje, jogador do São Caetano, aos 40 anos. “Na idade que tem vai disputar o Paulistão da Série A1. Nós estamos mostrando que temos condições de disputar, e estamos iguais a essa garotada que está aí, firme e forte”, sentenciou. Apesar disso, a comissão técnica já afirmou que o Chulapa receberá atenção especial.

“Ele vai ter a preparação física individualizada, como deve ter nessa idade, para que possa produzir o máximo”, explicou o treinador da equipe, Márcio Máximo, à GE.net.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade