Futebol/Copa São Paulo - ( - Atualizado )

Copa São Paulo mantém charme, apesar de concorrência

João Victor Miranda, especial para a GE.net São Paulo (SP)

Apesar de dividir a atenção com outras competições nacionais sub-20 em 2013 (o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil), a Copa São Paulo de Futebol Júnior ainda é o principal alvo da cobiça dos garotos de times de todo o País. O torneio chega à 44ª edição em 2013, com início nesta sexta-feira, às 14 horas (de Brasília), quando São Mateus-ES e Corinthians-AL se enfrentam em Jaguariúna.

O compartilhar de holofotes com outras competições já causou mudanças na Copinha, como a troca de categoria, a partir de 2010, para sub-19. Contudo, a edição de 2013 contará com o retorno dos atletas de até 20 anos. A participação de times de todos os Estados, principal atrativo da competição, está mantida, com as 27 federações representadas entre as 104 equipes, divididas em 26 grupos. São oito clubes a mais do que em 2012.

Os favoritos- Na edição 2013, além das equipes tradicionalmente fortes nas categorias de base, como o Fluminense, o São Paulo, o Santos e o atual campeão Corinthians, entram na lista de favoritos os dois campeões nacionais sub-20 em 2012, Vitória e Cruzeiro.

Além de um ano incrível no profissional com título da Copa Libertadores e do Mundial, o Corinthians é o atual vencedor da Copinha. Como maior campeão (oito títulos) e finalista (quinze finais) da Copa SP, o Timão precisa de poucos motivos para provar seu favoritismo, mas a organização da base nos últimos anos também é motivo de orgulho.

“Temos um trabalho de dois anos e meio com a nova diretoria. Existe um investimento na qualificação dos treinadores e, consequentemente, uma qualificação dos próprios jogadores”, comemora Rodrigo Azevedo Leitão, atual técnico do time.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
O zagueiro Antônio Carlos marcou duas vezes na final da Copinha em 2012 e deu o título ao Corinthians
O Santos foi o campeão da Copa São Paulo de 1984 e esse é seu único título no torneio. No entanto, na última década, o time da Vila se destacou por revelar um grande número de jogadores que integraram seu elenco principal, como Diego, Robinho e, mais recentemente, Neymar, Felipe Anderson e Victor Andrade. O Peixe ostenta também o título paulista sub-20 da última temporada, na qual bateu o São Paulo na final.

O Fluminense tem cinco títulos em sete finais disputadas e vem sendo reconhecido nos últimos anos como celeiro de grandes revelações. Recentemente, saíram de Xerém nomes como Thiago Silva, Wellington Nem, Arouca e Marcelo. Além disso, o Tricolor das Laranjeiras é o atual vice-campeão da competição.

O São Paulo tem no centro de treinamento de Cotia, inaugurado em 2005, um de seus bens mais preciosos. Na história da Copinha, são três títulos em nove finais. O São Paulo pretende, em 2013, apagar a má impressão deixada na última edição, na qual caiu na primeira fase.

“Estamos buscando informações sobre todas as equipes com que vamos jogar. É papel nosso correr atrás disso para não ser surpreendidos. A partir do momento em que o árbitro apita, temos que fazer valer o peso da nossa camisa”, afirma Sérgio Baresi, treinador da equipe sub-20.

O Cruzeiro, em dezembro, foi tricampeão do Brasileiro sub-20, organizado pela Federação Gaúcha de Futebol. A Raposa também tem um bom histórico na Copa São Paulo, somando um título, em 2007, e dois vice-campeonatos, em 1996 e 2002.

Outra equipe que não pode ser descartada dos favoritos, apesar da menor tradição na competição, é o Vitória. O time rubro-negro venceu a edição inaugural da Copa do Brasil sub-20, disputada em 2012, e se credenciou como uma das forças da Copinha.

Rafael Ribeiro/CBF
Com 100% de aproveitamento em casa, o Vitória venceu a Copa do Brasil sub-20 em 2012
A fase de grupos acontece do dia 4 ao dia 13 de janeiro e os melhores de cada grupo, somados aos seis melhores segundos colocados, enfrentam-se em jogos eliminatórios até a grande final, que acontece no dia 25 de janeiro, no estádio do Pacaembu, comemorando o aniversário da capital paulista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade