Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Danilo se diz honrado por ser reserva imediato do craque do Mundial

Helder Júnior e Marcos Guedes São Paulo (SP)

Danilo Fernandes começou bem o ano, deixou Julio Cesar para trás e ganhou sua primeira sequência de jogos real no Corinthians. Enquanto Cássio, eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes, recupera-se de lesão no ombro, ele vai cumprindo o seu papel com orgulho.

“Ser o substituto imediato do Cássio é uma honra depois do ano perfeito que ele teve. A gente sempre trabalha para poder jogar e tem de agarrar a oportunidade quando ela aparece”, comentou o camisa 22, recordando a importância do titular também na última Copa Libertadores.

Por causa da boa forma de Danilo, Tite deixou de lado o rodízio que costumava fazer quando o dono da posição não estava à disposição. Até que as dores no ombro deem uma trégua ao camisa 12, Danilo segue entre os titulares do Timão.

Divulgação/Agência Corinthians
Danilo Fernandes tem mostrado serviço enquanto Cássio se recupera de lesão (foto: Daniel Augusto Jr.)

Ainda haverá mais alguns jogos nessa sequência inédita, mas Cássio está se aproximando do retorno. Ele treinou com bola mais uma vez nesta quinta-feira e assegurou que estará pronto para a estreia do Alvinegro na Libertadores, marcada para o dia 20 de janeiro.

Por enquanto, é Danilo em campo e Julio no banco. O agora terceiro goleiro atuou apenas uma vez na temporada, o empate por 1 a 1 com o Paulista, e foi criticado pelo gol sofrido. Parte da torcida tem uma birra com o camisa 1, que foi importante na conquista do Brasileiro de 2011 antes de falhar seguidamente e perder a posição em 2012.

“Somos grandes amigos. Ele sempre me deu muito apoio, dicas. É uma excelente pessoa”, comentou Fernandes, que preferiu não comentar sobre o futuro do amigo. “Isso é uma coisa particular dele, não conversamos sobre o assunto.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade