Futebol/Campeonato Gaúcho - ( - Atualizado )

Empolgado, Paixão confia em potencial do Inter por ano vitorioso

Porto Alegre (RS)

Contratado para melhorar o nível físico dos atletas do Internacional, o preparador Paulo Paixão está confiante para esta temporada. Apesar de o elenco do clube colorado ter diversos atletas experientes, como Índio (37 anos), Juan (33 anos), Kleber (32 anos), Guiñazu (34 anos) e Diego Forlán (33 anos), Paixão exaltou o potencial dos jogadores comandados pelo treinador Dunga e mostrou empolgação para repetir o êxito que teve em sua primeira passagem pelo time gaúcho, entre 2003 e 2006.

“Particularmente, tenho como inspiração o sucesso alcançado em 2006, quando vencemos a Libertadores e o Mundial. Para que tudo dê certo, é preciso que haja comprometimento total. Os jogadores devem abraçar a ideia, por isso vamos trabalhar forte para obter esta liga. Todos terão que remar no mesmo barco”, afirmou em entrevista ao site oficial do clube.

Aos 61 anos, o experiente preparador físico está garantido na história do futebol nacional. Em 1994, fez parte da comissão técnica que ajudou na conquista do título da Copa do Mundo, nos Estados Unidos. Oito anos mais tarde, esteve ao lado de Luiz Felipe Scolari no pentacampeonato conquistado na Coreia do Sul e no Japão.

No entanto, Paixão não obteve apenas conquistas com o Brasil. O preparador físico teve chance de triunfar no Mundial da África do Sul, em 2010, mas sucumbiu junto ao time comandado pelo treinador Dunga. Contudo, agora no Internacional, o responsável pelo aspecto físico da equipe espera conquistar títulos ao lado do técnico, que assume pela primeira vez o comando de um clube.

“A expectativa é muito grande. É como se eu estivesse trabalhando pela primeira vez em um clube grande. Tenho a empolgação de um iniciante. Trabalhar com o Dunga em um clube será maravilhoso. Ele se preparou para esse novo desafio. Ele tem um conhecimento muito grande sobre o futebol brasileiro, sul-americano e mundial. É um treinador de cobrança, que exige bastante do grupo, mas que sabe lidar muito bem com os jogadores. É um campeão nato. Tem tudo para dar certo aqui”, completou Paixão, que ainda explicou como serão os primeiros trabalhos do Internacional em 2013..

“Vamos ficar de 6 a 19 de janeiro em Gramado. No dia 20 vamos para Bento Gonçalves, onde ficaremos até a noite do dia 26. Durante a pré-temporada vamos aplicar uma nova filosofia de trabalho. O equilíbrio, a simplicidade e a objetividade serão os aspectos principais. Será bastante interessante. Estamos confiantes de que dará certo. Todos começam 100%, mas vamos buscar o rendimento além do topo”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade