Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Ganso empolga Ney Franco: "Pode ser nosso ponto de desequilíbrio"

Tossiro Neto Cotia (SP)

A pré-temporada em Cotia tem permitido Ney Franco avaliar Paulo Henrique Ganso com mais acuidade do que no ano passado, quando o jogador chegou ao São Paulo lesionado, em meio às competições, e só atuou em cinco partidas. Passados 13 dias de pré-temporada, a observação é animadora.

"O que falta a ele é jogo, é entrar em campo e pegar ritmo. Mas ele está se apresentando muito bem neste início de ano. A perspectiva é de que, com a sequência de jogos, ele volte a ser aquele jogador que a gente conheceu do Santos, o ponto de desequilíbrio", empolga-se o treinador.

Reserva em 2012, Ganso começará a temporada entre os 11 iniciais no novo esquema tático da equipe, agora com um losango no meio-campo. Enquanto Jadson foi deslocado à esquerda e Denilson à direita, ele assumiu a função de ser o principal armador para a dupla de atacantes Osvaldo e Luis Fabiano.

SPFC - Site Oficial
Ganso atuou em apenas cinco jogos em 2012
"Ele vai trabalhar no meio, mas tem qualidade muito grande para jogar mais próximo da área e finalizar. O trabalho tem sido dessa forma", explicou Ney Franco.

A expectativa do jogador também é a melhor possível. Por ter tempo para se preparar juntamente com todo o grupo, ele acredita que, nesta temporada, poderá apresentar o futebol que o levou a vestir a camisa 10 da Seleção Brasileira algumas vezes.

"Foram jogos rápidos, em que eu entrava no segundo tempo. Estava em período de adaptação ao novo clube e ao ambiente de trabalho, voltando de lesão. Agora terei ritmo para começar 2013 jogando e manter o foco nas partidas para jogar sempre", prevê o ex-santista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade