Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Messi confirma favoritismo e leva o tetra inédito da Bola de Ouro

Zurique (Suíça)

Lionel Messi deu mais um passo para superar Pelé. Isto porque, na tarde desta segunda-feira, no Kongresshaus, em Zurique (Suíça), o atacante confirmou o seu favoritismo e foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa, através do prêmio Bola de Ouro, pela quarta vez, fato inédito na história do futebol. Completando o ‘pódio’, Cristiano Ronaldo foi o segundo, e Iniesta, o terceiro.

A entidade máxima do futebol mundial preferiu os títulos individuais do argentino, que, em 2012, superou Gerd Müller no recorde de mais gols marcados em um mesmo ano (95). O ‘baixo’ número de títulos do Barcelona, que conquistou ‘apenas’ a Copa do Rei da Espanha, foi deixado de lado, superando o Campeonato Espanhol faturado pelo Real Madrid, de Cristiano Ronaldo.

Horas antes de receber a Bola de Ouro pela quarta vez, Messi, em coletiva de imprensa, reconheceu que o ano que passou não foi o melhor de sua carreira, em mais um episódio ‘humilde’ de sua história. “Eu não acho que este foi o melhor ano da minha carreira. Nos anos passados nós (Barcelona) conquistamos mais títulos, que são mais importantes”, explicou.

AFP
Messi confirmou o favoritismo e conquistou a Bola de Ouro pela quarta vez, fato inédito na história
Depois que subiu ao palco do Kongresshaus, Messi, que foi aplaudido de pé por boa parte do público presente, comemorou. "É incrível receber este prêmio. Desta vez, quero dividi-lo com o meu companheiro Andrés (Iniesta). É um prazer jogar do seu lado. Quero agradecer os jogadores do Barcelona e da seleção da Argentina e os meus técnicos", declarou. 

Messi também não se esqueceu do seu filho, Thiago Messi, que nasceu no dia 2 de novembro de 2012. De acordo com o camisa 10 culé, este foi o melhor prêmio que ele poderia ganhar. "Quero agradecer minha família, meus amigos, minha esposa e meu filho, a coisa mais linda que Deus me deu", emocionou-se, antes de revelar que estava "nervoso". 

Com o quarto título de melhor jogador do mundo, Lionel Messi ultrapassa o francês Zinédine Zidane e Ronaldo, que têm três troféus cada, no ranking da Fifa. Já na lista dos vencedores da própria Bola de Ouro, criada pela revista France Football, o atacante deixa para trás os holandeses Johan Cruijff e Marco Van Basten e o francês Michel Platini.

Abaixo, veja o resultado da votação para a Bola de Ouro da Fifa:

1º - Lionel Messi (Argentina / Barcelona / 41,6% dos votos)
2º - Cristiano Ronaldo (Portugal / Real Madrid / 23,68% dos votos)
3º- Andrés Iniesta (Espanha / Barcelona / 10,91% dos votos)
13º - Neymar (Brasil / Santos / 0,61% dos votos)

 

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade