Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Millonarios recusa R$ 4 mi do Verdão por Torres, diz site panamenho

Bogotá (Colômbia)

O presidente Arnaldo Tirone recebeu mais uma má notícia na sua tentativa de trazer reforços antes de deixar o cargo, na segunda-feira. De acordo com o site panamenho Dia a Dia, o Millonarios recusou uma proposta de US$ 2,1 milhões (cerca de R$ 4,3 milhões) do Palmeiras pelo zagueiro panamenho Román Torres.

Sem fornecer muitos detalhes, o noticiário dá a entender que o Verdão deve continuar em sua investida para trazer o defensor que chamou atenção do técnico Gilson Kleina quando a equipe colombiana eliminou o Palmeiras nas oitavas de final da Copa Sul-americana do ano passado.

Até pela impossibilidade de fazer qualquer contratação sem o aval do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) do clube até as eleições presidenciais de segunda-feira, a diretoria não tem confirmado oficialmente o interesse em nenhum jogador, com a intenção de evitar expectativas possivelmente frustradas.

De qualquer forma, uma nova oferta por Román Torres dificilmente será feita ainda por esta diretoria, que esteve perto de trazer o panamenho em dezembro, quando o presidente do Millonarios, Felipe Gaitán, resolveu recusar a transação após ser campeão colombiano. E os maiores esforços nesta semana estão sendo na tentativa de contratar Riquelme, com quem o clube só gastaria com salários, já que o contrato do meia com o Boca Juniors está suspenso.

AFP
Está difícil para o Palmeiras trazer Torres, que agradou a Kleina quando o Millonarios eliminou o time na Sul-americana
Sem Torres, segue a busca feita principalmente pelo gerente de futebol César Sampaio por mais zagueiros. Kleina tem apenas Mauricio Ramos e Henrique para a posição e, por isso, tem completado os treinos com Marcos Vinícius, do time B, e Leandro Amaro, já dispensado. Gustavo, que estava na Portuguesa e foi campeão paulista em 2008 pelo Verdão, iniciou negociação na semana passada.

Até agora, os únicos reforços do Palmeiras para esta temporada são o goleiro Fernando Prass, ex-Vasco, e o lateral direito Ayrton, ex-Coritiba, além dos volantes Souza e Wendel, que voltam de empréstimos para Náutico e Ponte Preta, respectivamente. Do elenco rebaixado no Brasileiro de 2012, mais de 20 atletas foram dispensados.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade