Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Ney Franco confirma time sem Toloi para evitar improvisação na zaga

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O São Paulo titular ensaiado na manhã desta segunda-feira, com Lúcio no lugar de Rafael Toloi, será mesmo o que atuará nas duas primeiras partidas da temporada, contra Mirassol (em 19 de janeiro) e Bolívar (no dia 23), ambas no Morumbi. A escalação foi confirmada pelo técnico Ney Franco, que, assim, não precisará alterar também o posicionamento da defesa.

"O Lúcio e o Toloi jogam pelo lado direito. Como não temos muito tempo de treinamento, não quero fazer muita improvisação (tirando o Rhodolfo e tendo que deslocar o Toloi para a esquerda). Fica cada um na (posição) dele", justificou o treinador, sem afastar em definitivo a possibilidade de alterar a formação até a estreia.

"Essa é uma ideia inicial de jogo. Poderemos ter alguma mudança por algum motivo, mas espero não ter que mudar por parte clínica ou física, porque na parte tática já está se desenhando uma equipe. Espero ter capacidade para montar uma equipe forte", comentou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Lúcio foi apresentado no início de dezembro e, logo em seu primeiro treino, assumiu a titularidade
Desde a contratação de Lúcio, apresentado no início de dezembro após rescindir vínculo com a Juventus, especulava-se que Toloi, em melhor momento do que Rhodolfo, permaneceria na equipe no início do ano seguinte. Como isso não se confirmou, o primeiro esboço da pré-temporada surpreendeu, abrindo dúvida com relação ao condicionamento físico do camisa 3.

"Ele está no mesmo nível dos demais", negou o treinador. "Inclusive, fiz uma reunião com o elenco e elogiei a forma como os jogadores retornaram das férias. Eu me sinto confortável em colocar essa equipe para jogar, sem problema nenhum".

Outras duas alterações foram feitas em relação ao ano passado, mas sem surpreender. O lateral de ofício Douglas treinou na direita pelo fato de Paulo Miranda estar suspenso para o primeiro jogo da Copa Libertadores, e Paulo Henrique Ganso entrou no time em razão na vaga aberta pela transferência de Lucas ao Paris Saint-Germain.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade