Futebol - ( )

Tite lamenta saída de Martínez e prevê sucesso de Cachito

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O técnico Tite não viu como positiva a saída de Martínez, que o irritou ao cobrar vaga no time titular no ano passado. De acordo com o gaúcho, apesar da reclamação inicial, o argentino estava bem integrado no grupo e havia entendido o que é o Corinthians.

“Deixei o recado ao Martínez: gostaria que ele permanecesse. Ele já estava entrosado, estava no espírito, tinha superado aquele momento da busca (pela vaga de titular). Mas surgiu essa possibilidade profissional, e ele deu sequência”, disse o treinador.

Sofrendo com a forte concorrência no ataque do Timão, o jogador deixou sua camisa 7 para Alexandre Pato e foi jogar no Boca Juniors. Ele previu oportunidades limitadas na equipe, mesmo motivo pelo qual o peruano Luis Ramírez foi emprestado à Ponte Preta.

Na opinião de Tite, Cachito terá bastante sucesso na formação campineira. O meio-campista teve seus bons momentos no Corinthians – como o gol contra o Ceará, decisivo na conquista do Brasileiro de 2011 –, mas acabou perdendo espaço e não foi nem convocado para o Mundial.

“O Ramírez, em um sistema tático um pouco diferente, vai crescer. Em um losango, sem obrigação de marcação, solto, ele vai se dar bem”, comentou o treinador, lembrando que a contratação de Renato Augusto diminuiria ainda mais as chances do peruano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade