Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Torcida canta parabéns e vê Ceni marcar primeiro gol aos 40 anos

Tossiro Neto São Paulo (SP)

No dia seguinte ao aniversário de 40 anos de Rogério Ceni, a torcida são-paulina homenageou seu ídolo, cantando parabéns ao longo da vitória por 5 a 0 sobre o Bolívar. A festa na noite desta quarta-feira emocionou o goleiro, autor de um gol de pênalti no Morumbi.

"Ainda me emociono muito ver 40 mil, 50 mil pessoas te apoiando, cantando. É a razão para continuar jogando. Tenho que valorizar sempre isso. Para mim, é um privilégio subir essas escadas, entrar no campo e ver a festa do torcedor", disse o camisa 1, antes de brincar sobre o primeiro tento como quarentão.

"É a mesma coisa do que com 39 anos. Já era difícil com 39, com 40 não muda. Mas é um gol importante, porque em Libertadores a emoção é especial. Não deve fazer diferença para o jogo de volta, mas é sempre bom ter aproveitamento e passar confiança. Fico contente por ajudar a conquistar a vitória", comentou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Goleiro fez, de pênalti, o último gol do jogo
Essa foi a 12a vez que Ceni balançou a rede em 73 jogos na competição continental, da qual é bicampeão (1993 e 2005). Atrás dele, vem Luis Fabiano, que disputa o torneio pela segunda vez e, com os dois gols desta quarta-feira, chega a dez no total. Trata-se de um duelo que o goleiro prefere perder.

"Torço para que ele me passe o mais rápido possível. Senão, alguma coisa deu errado. Ficaria tranquilo porque significaria que meu time tem feito gol. Se ele não virar artilheiro, vou ficar triste, porque muito provavelmente não estaremos bem na competição", observou, sorrindo.

Do elenco atual, além de Ceni, somente Paulo Henrique Ganso já venceu a Libertadores. Alguns jogadores, inclusive o veterano zagueiro Lúcio, a disputam pela primeira vez.

Com o triunfo no Morumbi, o São Paulo pode perder por até quatro gols de diferença em La Paz, na quarta-feira que vem, para avançar à fase de grupos. Caso o Bolívar devolva o placar de 5 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade