Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Zagueiros do Corinthians avisam que o vascaíno Dedé é bem-vindo

Helder Júnior São Paulo (SP)

Os zagueiros do Corinthians não temem concorrência. Pelo menos é o que garantem diante das câmeras de televisão. Os atuais titulares Gil e Felipe, escalados na derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta porque Chicão está lesionado e Paulo André ainda recupera o seu condicionamento físico após as férias, mostraram-se bastante receptivos à possível contratação do vascaíno Dedé, nesta quinta-feira.

“Abriremos as portas para todo mundo que vier ajudar o Corinthians, sem dúvida. É como aconteceu comigo. Fui muito bem recebido pelo grupo”, comparou Gil, que estava no Valenciennes, da França. “Se o Dedé vier, será recebido de braços abertos por todos nós”, garantiu.

Ao lado de Gil durante a entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava, Felipe só se mostrou tímido quando o assunto era Dedé. O defensor de 23 anos, que começou a ganhar mais oportunidades um ano após sair do Bragantino, adiantou-se ao seu companheiro para responder a maioria das perguntas. Ao falar do vascaíno, no entanto, apenas esboçou um sorriso para concordar com a eventual contratação.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Felipe, que arriscou bicicleta contra a Ponte Preta, perderá espaço caso o Corinthians contrate Dedé
Ídolo no Vasco, Dedé definiu o Corinthians como “o melhor time do mundo” na quarta-feira, depois de se destacar na vitória por 4 a 2 sobre o Macaé, pelo Campeonato Carioca. Mas o defensor também se comoveu com os gritos de “fica” dos torcedores de seu clube e assegurou estar feliz em São Januário.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade