Motor/Rally Dakar - ( )

Brasileiros abandonam Dakar após danos de enxurrada

Salta (Argentina)

A dupla brasileira Guilherme Spinelli e Youssef Haddad abandonou a edição de 2013 do Rally Dakar, maior evento do mundo da modalidade. O carro da parceria ficou danificado ao cair em uma enxurrada durante a etapa de sábado da competição e não pôde ser reparado.

A forte chuva que pegou de surpresa os pilotos do Dakar no sábado fez com que a organização do evento cancelasse a etapa entre San Miguel de Tucumán e Salta na Argentina, a oitava da competição. Na ocasião, a precipitação causou uma grande enxurrada em que o carro dos brasileiros acabou submerso.

"Uma pena! É muito frustrante não poder completar o Rally Dakar, mas poderia ter acontecido com qualquer um. Tivemos uma falta de sorte com a enxurrada da oitava etapa, no sábado, e isso gerou consequências que acabaram inviabilizando nossa continuidade na prova", comentou Spinelli.

A equipe de engenheiros e mecânicos da equipe Mitsubishi passou o domingo inspecionando o carro dos brasileiros e chegou a trocar diversas peças que estavam estragadas. Mas um componente elétrico ainda não identificado nos testes apresentou problemas e a dupla foi obrigada a abandonar.

"É muito ruim sair de uma prova como Dakar por uma razão tão atípica. Foi a consequência de uma infelicidade, um fenômeno da natureza, onde não pudemos fazer nada. Por outro lado, estamos satisfeitos em estrear o ASX Racing e sabemos que o carro tem um potencial muito grande", destacou o navegador Youssef Haddad.

É o segundo ano consecutivo em que o time brasileiro abandona Dakar, já que na temporada passada a parceria desistiu na quinta etapa. Em 2013, a dupla vivia momento de ascensão na competição e ocupava o 13º lugar da classificação geral antes da etapa de sábado, cancelada pela chuva.

Divulgação
Carro da dupla brasileira ficou submerso em enxurada durante a oitava etapa do Dakar

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade