Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Grêmio fecha setor sem cadeiras da Arena durante perícia

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O setor da Arena do Grêmio que não é revestido por cadeiras será fechado até que sejam concluídas as investigações sobre o acidente ocorrido nesta quarta-feira, que feriu oito torcedores do clube. A decisão foi anunciada pelo Tricolor por meio de uma nota oficial.

Parte das grades que separam os torcedores que se concentram atrás de uma das goleiras da Arena cederam durante a comemoração do gol marcado por Elano na vitória do Grêmio sobre a LDU, nesta quarta, por 1 a 0. A avalanche, comemoração em que os gremistas descem correndo as arquibancadas cada vez que o time marca um gol, pode ser proibida em definitivo no novo estádio do clube.

Em dezembro, a Brigada Militar e o Corpo de Bombeiros afirmaram ter dúvidas sobre a capacidade da Arena de suportar a avalanche, hipótese desmentida pelo Grêmio e pela OAS, construtora do estádio. Nesta quarta, após a vitória sobre a LDU, o diretor da Grêmio Empreendimentos, Eduardo Antonini, afirmou que a decisão a ser tomada quanto ao futuro do setor de gerais na Arena passará por uma avaliação técnica, com a avaliação de peritos.

Confira a nota oficial publicada no site do Grêmio:
Em virtude dos fatos ocorridos durante a partida entre o Grêmio e o LDU na noite da última quarta-feira, 30, a Arena Porto-Alegrense e o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunicam que o setor norte – Nível 1, Arquibancada - não será utilizada até que sejam concluídas as perícias e investigações pelos órgãos competentes, bem como adotadas as medidas necessárias para preservar a segurança dos torcedores e do público em geral que frequenta aquele setor da Arena.

Arena Porto-Alegrense S.A. e Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade