Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

"Pensando no Grêmio", Marquinhos nega negociação com Avaí

Florianopolis (SC)

“As portas do Avaí estão sempre abertas e eu nunca escondo de ninguém que é o meu clube. Mas, por enquanto, não temos nada. O presidente Zunino (Avaí) é muito amigo do Fábio Koff (presidente do Grêmio) e eles podem até estar tratando disso, mas eu não sei”, explicou em entrevista ao Diário Catarinense.

Marquinhos foi contratado pelo Grêmio em 2011, após chegar as semifinais da Copa do Brasil com o Avaí. No clube gaúcho, figura como opção para o setor de armação da equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo. Disputando posição com Zé Roberto, Elano e Marco Antônio na região central do gramado, o meio-campista planeja boa preparação para 2013.

“No momento, eu estou pensando no Grêmio, na pré-temporada que estamos fazendo. Tenho contrato e sou funcionário do clube, então minha obrigação é trabalhar duro. Mas nunca sabemos do futuro e o que pode vir a acontecer”, completou.

Nascido em Biguaçu, cidade próxima à Florianópolis, Marquinhos atuou nas divisões de base do Avaí entre 1997 e 1999. O meio-campista estreou na equipe profissional em 1999 e permaneceu até 2000, quando foi negociado junto ao Bayer Leverkusen (Alemanha). Com passagens por grandes clubes do futebol nacional, como São Paulo, Flamengo, Santos e Atlético-MG, o atleta ainda atuou pelo time catarinense em 2006, 2008/2009 e 2011.

“Eu converso muito com o presidente Zunino, somos amigos de longa data. Mas não chegamos a tratar de uma volta como algo concreto. Sempre digo a ele que vou voltar ao Avaí, só não sei quando”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade