Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Zagueiro Bolívar rescinde contrato com o Internacional

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Um dos jogadores mais vitoriosos da história do Internacional, o zagueiro Bolívar não pertence mais ao clube gaúcho. Na manhã desta quinta, o General, como é conhecido, assinou a rescisão de seu contrato com o Colorado. Agora, ele está livre para negociar sua ida a qualquer clube que esteja interessado em seu futebol. O Grêmio, clube no qual Bolívar foi formado, nega qualquer interesse.

Aos 32 anos, Bolívar encerrou em 2012 sua nona temporada no Internacional. Sua estreia ocorreu em 2003. Somente entre 2006 e 2008, o defensor esteve fora do Beira-Rio – atuou pelo Mônaco. Foram 334 jogos e 10 gols marcados no período, além de 11 títulos (cinco estaduais, duas Libertadores, duas Recopas e uma Sul-Americana).

Depois de desempenho destacado na campanha do bi da Libertadores, em 2010, Bolívar sofreu uma queda de rendimento após a derrota para o Mazembe, no Mundial do mesmo ano. Em 2011, perdeu a titularidade para Rodrigo Moledo. Reserva na maior parte do tempo em 2012, o defensor envolveu-se em uma polêmica com o então técnico Fernandão no fim do ano e foi afastado do elenco, passando a treinar em separado do restante do grupo.

Para 2013, o Internacional contará com Índio, Rodrigo Moledo, Juan, Jackson e Ronaldo Alves para a defesa. O clube não deve contratar reforços para a posição. A pré-temporada colorada começa nesta quinta e vai até o dia 24.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade