Adventure/Rally Dakar 2013 - ( - Atualizado )

Contardo termina primeiro dia do Dakar na liderança entre as motos

Lima (Peru)

O Rally Dakar 2013 começou neste sábado, dia 5 de janeiro, com largada na cidade de Lima, no Peru. Os participantes da edição deste ano foram apresentados ao público e um trecho de ligação de 250 km foi percorrido. A especial foi de apenas 13 km cronometrados, em direção à cidade de Pisco. E quem encerrou sábado na liderança entre as motos foi Francisco López Contardo.

O chileno da KTM, apelidado de ‘Chaleco’, completou os 13 quilômetros de trecho cronometrado em apenas 7min51s. Sem dificuldades, Francisco López Contardo fechou na liderança com apenas 1s de vantagem em relação ao holandês Frans Verhoeven, da Yamaha. Na sequência, fechando o grupo dos três primeiros, o chileno Pablo Quintanilla, da Honda, ficou 5s atrás de Contardo, seu compatriota.

Na quarta colocação, mais um chileno: Patricio Cabrera, que ficou a 5s do líder e chegou uma posição à frente do francês Cyril Despres, principal favorito ao título, que chegou 13s depois de Contardo.

O brasileiro Jean Azevedo, da KTM, encerrou a primeira especial na 48ª colocação, com 1min18s de desvantagem em relação ao primeiro posicionado.

“A especial deste sábado era bem curta, mas um pouco perigosa. É daquelas que você não ganha o rali, mas pode perder tudo se vacilar”, destacou o brasileiro. “Achei melhor não arriscar, afinal a etapa deste domingo será de areia, mas sem poeira, ou seja, o ordem de largada não vai interferir na visibilidade da pista”, continuou Jean Azevedo, que participa do Rally Dakar pela 15ª vez.

Os tempos do primeiro dia foram multiplicados por cinco pela organização da prova. Assim, a diferença entre Contardo e Verhoeven foi de cinco segundos, por exemplo.

O primeiro piloto que deveria largar nas motos seria o chileno César Zumarán, mas ele ficou parado no último quilômetro, com um problema desconhecido em sua moto e fechou na posição 118. Assim, o espanhol Julián Villarrubia foi o primeiro competidor a começar a prova e fechou na 129ª posição.

Entre os quadriciclos, a liderança neste sábado acabou ficando com um piloto do país que recebe o Dakar. O peruano Ignacio Flores Seminario, que cravou o tempo de 9min22s, foi o mais rápido no trecho de 13km cronometrados. Com 11s de desvantagem, veio o holandês Sebastian Husseini, da Honda, segundo colocado, e o argentino Marcos Patronelli, campeão de 2010, fechou em terceiro, terminou 15s depois que Seminario. O chileno Ignacio Casale e o holandês Kees Koolen completaram o grupo dos cinco primeiros colocados.

A especial deste domingo, que será na cidade peruana de Pisco, terá uma especial bem mais longa em relação ao primeiro dia, com 242km de trecho cronometrado.

A 35ª edição do Rally Dakar terá 8.574 km no total, sendo 4.155 km de trechos cronometrados divididos em 14 etapas. A largada foi em Lima, no Peru, e a chegada será no dia 20 de janeiro, quando o maior rali do planeta se encerra, em Santiago, no Chile.

AFP
O primeiro dia de disputas no Rally Dakar teve especial curta, mas a disputa foi intensa

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade