Motor/Rally Dakar - ( - Atualizado )

Piloto francês morre no Dakar após colisão com viatura policial

San Pedro de Atacama (Chile)

O Rally Dakar fez mais uma vítima. O motociclista francês Thomas Bourgin, de 25 anos de idade, morreu após se chocar com uma viatura policial na estrada Paso de Jama, durante a disputa da sétima etapa da competição, entre as cidades de Calama, no Chile, e Salta, na Argentina, nesta sexta-feira.

As primeiras mortes da edição de 2013 do Dakar ocorreram na quarta-feira em um acidente envolvendo dois táxis e um veículo de apoio de uma das equipes da competição no Peru, a cerca de 10 quilômetros da fronteira com o Chile. Na ocasião, duas pessoas morreram e outras sete ficaram feridas e foram encaminhadas ao hospital.

O acidente de Bourgin ocorreu no lado chileno dos Andes, no quilômetro 140 da estrada Paso de Jama. O motociclista francês, que pilotava a KTM número 106, se chocou frontalmente com uma viatura policial durante o longo trecho de deslocamento antes da especial. Ele chegou a ser resgatado pela equipe do Dakar, mas não resistiu aos ferimentos.

Bourgin é o primeiro competidor a morrer durante a edição de 2013 do evento, considerado o rali mais perigoso do mundo.

AFP
Thomas Bourgin se chocou com uma viatura da polícia chilena e morreu durante o Dakar 2013

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade