Motor/Rali Dakar 2013 - ( - Atualizado )

Recurso é aceito e Sainz assume a ponta dos carros no Dakar

Pisco (Peru)

A organização do Rally Dakar 2013 aceitou o recurso enviado pela equipe Qatar, que alegou erro no GPS e responsabilizou a falha pela perda de tempo de Carlos Sainz no cumprimento da segunda etapa. O espanhol teve 21 minutos descontados, o que rendeu a liderança entre os carros, com vantagem de 5min05s para o francês Stéphane Peterhansel, atual campeão da prova.

Segundo o time, Sainz precisou passar duas vezes pelo terceiro posto de controle, pois o sistema não conseguiu identificá-lo, desde modo, não liberou a referência seguinte para que o piloto desse a sequência correta a competição.

Sainz não seguiu a rota adequada e acabou perdendo tempo demasiado. Pelas motos, um problema parecido foi registrado com Cyril Després, que também errou o traçado, mas a organização não se manifestou a respeito para confirmar se também houve um erro do sistema.

Nesta segunda-feira, os pilotos vão sair de Pisco em direção a Nazca com deslocamento de 342km e 243km de trechos cronometrados.

AFP
Espanhol Carlos Sainz é o novo líder entre os carros, após organização reconhecer erro com o GPS da prova

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade