Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Após receber alta, Maikon Leite ganha dois dias de repouso do Verdão

São Paulo (SP)

A suspeita de apendicite não se confirmou e o atacante Maikon Leite recebeu alta nesta terça-feira. O jogador estava internado desde domingo e precisou realizar uma bateria de exames antes de deixar o Hospital São Camilo, localizado no bairro de Pompeia, São Paulo. Como ainda sente dores e toma medicamentos para controlar as dores, o atleta ganhou dos dias de folga e só integrará os treinos do Palmeiras na próxima sexta-feira.

Maikon Leite foi encaminhado para o hospital após sentir um forte incômodo na região abdominal. Após exames de sangue e até uma ressonância magnética, o atacante teve a suspeita de apendicite descartada pela equipe médica e foi liberado para repousar em sua residência. Diagnosticado com uma intoxicação alimentar, o jogador ainda terá de realizar uma dieta controlada para não sofrer novamente com as dores.

Sem o atleta, o técnico Gilson Kleina comandará novas movimentações com os portões fechados nesta terça-feira à tarde. O objetivo do treinador é intensificar a preparação física e técnica de sua equipe sem sofrer com a cobrança da torcida. A estreia do Palmeiras no Campeonato Paulista será em 20 de janeiro, contra o Bragantino, no estádio Pacaembu.

Assim que ficar à disposição do treinador, Maikon Leite trabalhará com bola pela primeira vez no ano. As movimentações da última segunda-feira envolveram toques rápidos no gramado e já indicaram os pontos que precisarão ser aprimorados por Kleina. Além de contar com o seu rápido atacante, o comandante poderá optar por Barcos, Luan e Vinicius para formar o seu setor ofensivo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
O atacante Maikon Leite teve a suspeita de apendicite descartada após sentir fortes dores abdominais

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade