Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Após renovar, irmão não descarta saída de Barcos na metade do ano

Bruno Ceccon e William Correia São Paulo (SP)

Hernán Barcos, enfim, assinou sua renovação com o Palmeiras, estendendo seu vínculo com o clube até 31 de dezembro de 2016. Mas sua permanência até o final da Série B do Brasileiro deste ano não é garantida. O empresário e irmão do atacante, David Barcos, admite a possibilidade de o argentino sair no final do primeiro semestre.

“Não sei. Depende do que o Palmeiras quiser fazer e de que proposta chegar. Tudo depende do que o clube quer fazer e se chegar algo que sirva ao clube. Hoje não posso dizer nem que sim nem que não. Não sei”, disse David Barcos à Gazeta Esportiva.net, por telefone.

David Barcos já deixou claro que é contrário à presença do irmão na segunda divisão para não se afastar da seleção argentina e de seu sonho de disputar a Copa do Mundo. O novo contrato com o Palmeiras, porém, vem com aumento salarial e, consequentemente, a multa rescisória também fica maior.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Barcos já interessou à Fiorentina e, mesmo com a multa rescisória maior, pode chamar mais atenção na Libertadores
De qualquer forma, no momento, a ideia é Barcos não ter mais preocupações enquanto disputa o Campeonato Paulista, a Copa do Brasil e, principalmente, a Libertadores. “A princípio, estamos tranquilos no Palmeiras. Vamos ficar aqui, tranquilos, e fazer o melhor trabalho possível”, garantiu David Barcos.

A Fiorentina chegou a manifestar interesse pelo camisa 9 e o agente sabe que um bom desempenho na Libertadores pode atrair outros clubes europeus. “O Palmeiras tem um bom primeiro semestre, com a Copa Libertadores e a Copa do Brasil. A resposta do pedido de renovação foi positiva. Estamos contentes e tranquilos com o Palmeiras”, assegurou David Barcos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade