Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Clínica chilena promete dossiê e pede treino diferente para Valdivia

Santiago (Chile)

Quando prometeu ao gerente de futebol César Sampaio se reapresentar ao Palmeiras nesta segunda-feira, Valdivia disse estar treinando no Chile. E a clínica que recebeu o meia em Santiago, chamada MEDS, fez sua parte para ajudar o jogador: não só publicou fotos das atividades dele nas últimas duas semanas, como promete enviar um dossiê e a sugestão de um trabalho diferenciado na pré-temporada com o camisa 10.

“A ideia é que eles continuem os trabalhos para esse comportamento muscular do Jorge e façam um trabalho diferenciado nesta etapa da pré-temporada. Isso permitirá que ele volte a jogar de forma plena e ter um ano sem problemas físicos”, disse Carlos Burgos, diretor da MEDS.

Antes de se despedir da clínica, segundo o site oficial da MEDS, Valdivia enalteceu o que fez durante suas férias. “Estou muito agradecido, como sempre, à Clínica MEDS, especialmente ao Carlos Burgos, que me recebeu para poder fazer um trabalho especial na parte física, com estudos. Foram duas semanas intensas de trabalho, mas muito positivas”, declarou o meia, que, foi multado por ainda não ter se apresentado e, na terça-feira, viu seu cunhado divulgar vídeo em que ele canta uma música de adeus com uniformes do Palmeiras ao fundo.

Reprodução/Site Oficial
Clínica MEDS, de Santiago, divulgou fotos do esforço do jogador em duas semanas de treino durante as férias
Ao trabalhar no seu país, o camisa 10 ganhou apoio após mais uma temporada atrapalhada por lesões. No ano passado, o Mago passou mais tempo no departamento médico do que jogando, terminou o Brasileiro sem fazer gol nem dar assistência e desfalcou o time na reta final da luta contra o rebaixamento ao contundir o joelho esquerdo em 6 de outubro.

Na visão da MEDS, o meia sofre com o calendário do futebol brasileiro. “Existe um ciclo vicioso que ocorre quando não se dá o tempo para a musculatura recuperar a condição que tinha antes da lesão. O Jorge está em uma liga com muitas partidas no ano, com jogos no meio da semana e muitas vezes deve retornar rapidamente sem tempo para fazer um trabalho especial na parte muscular”, opinou Burgos. “Não é tanto a quantidade, mas a qualidade do trabalho para que ele possa voltar de melhor maneira ao seu alto nível”, prosseguiu.

Reprodução/Site Oficial
Para MEDS, o meia, que promete aparecer nesta segunda, se prejudica no futebol brasileiro
O diretor da MEDS ressalta a vontade de Valdivia em estar bem em 2013. “O Jorge entendia que necessitava voltar a estar muscular e fisicamente em condições aptas para uma alta competência. Com ele, fizemos uma mescla de treinamento físico e reabilitação específica e funcional. O principal tinha a ver com a perda de muscular por conta das lesões que teve ultimamente”, contou, prometendo repassar tudo ao Verdão.

“Foram realizadas análises biomecânicas e provas fisiológicas para determinar de forma mais certa quais são as limitações ou perdas funcionais do Jorge na musculatura nas pernas. Queríamos conhecer em que etapa se encontrava a sua condição muscular e sua estrutura para tomar as melhores decisões e fazer um trabalho de qualidade. Enviaremos as informações que obtivemos dos trabalhos realizados pelo Jorge e um detalhe específico do trabalho feito por ele na MEDS na parte física”, falou Burgos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade