Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Com salário atrasado, Henrique critica ausência de Tirone e Frizzo

William Correia São Paulo (SP)

O presidente Arnaldo Tirone e o vice-presidente Roberto Frizzo só deixarão seus cargos na noite desta segunda-feira, mas não apareceram no Pacaembu para assistir à estreia do time no Campeonato Paulista, ausência que irritou ainda mais o elenco, sem receber direitos de imagem desde outubro. Henrique só poupou o gerente de futebol César Sampaio, que tem trabalhado sem salário neste mês.

“O César Sampaio é uma grande pessoa. Já outras pessoas não estão nem aí”, disse o zagueiro, sem falar o nome de Tirone e Frizzo, mas ressaltando a responsabilidade de ambos no rebaixamento no Brasileiro do ano passado. “Eu me acho culpado, mas os maiores culpados são os mesmos.”

O camisa 3 só não quis se pronunciar oficialmente sobre o atraso no pagamento dos direitos de imagem, que para a maioria dos jogadores representa grande parte do salário. “Isso não se deve falar na imprensa. Perguntem para a diretoria, vejam com eles”, reforçou, ressaltando que ‘perdoa’ Sampaio por faltar.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Palmeiras estreou no Paulista com três meses de direitos de imagem atrasados e nenhum dirigente no Pacaembu
“Trabalhar só por amor não vale. O César Sampaio está sempre junto conosco para tudo que precisamos, dedicando seu tempo atrás de contratações, mesmo sem dinheiro. E não teve férias, sempre correndo em prol do clube. É difícil trabalhar sozinho, e sem receber”, falou Henrique.

O zagueiro até já solicita publicamente a Décio Perin ou Paulo Nobre, concorrentes à presidência nas eleições desta segunda-feira, que mantenham o gerente de futebol. “O César é um alicerce para nós. Independentemente de quem entrar, esperamos que ele fique para nos ajudar. É uma pessoa do bem, que o grupo gosta”, apontou.

Henrique, um dos líderes do elenco, demonstrou claramente: só espera que Tirone e Frizzo saiam. “Além do César, temos outras pessoas aqui que não merecem o que aconteceu nestes dois anos”, declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade