Futebol/Mercado - ( )

Paulo Nobre tem cautela e esfria negociação com Riquelme

São José do Rio Preto (SP)

O ex-presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, estava próximo de oficializar a contratação de Juan Román Riquelme, mas acabou deixando a transferência para o novo mandatário do clube. Antes mesmo de completar uma semana no cargo, Paulo Nobre já fala com cautela sobre o argentino e se preocupa com o alto custo do possível reforço.

“A instituição está acima de tudo. Sei que é um desejo da torcida, mas preciso ser responsável e analisar todas as situações, já que se trata de um jogador caro”, afirmou o dirigente, ao Sportv, ao acompanhar a equipe na viagem a São José do Rio Preto, local da vitória por 3 a 1 sobre o Oeste, na noite desta quarta, pelo Campeonato Paulista.

Nobre não tem dúvidas ao elogiar a capacidade técnica de Riquelme, mas suspeita se o jogador seria um bom investimento dentro do que foi combinado anteriormente por Tirone.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Juan Román Riquelme estava perto do Palmeiras, mas deve ser vetado pelo presidente Paulo Nobre
“É um grande jogador, mas preciso de responsabilidade para preservar a instituição. Não sabemos qual é a condição de jogo dele e nem a questão física”, acrescentou o presidente, que deve anunciar sua decisão sobre o assunto em breve.

Por divergências em seu ex-clube, o Boca Juniors, Riquelme está longe dos gramados desde que perdeu a final da Copa Libertadores do ano passado para o Corinthians. Tirone chegou a ir para a Argentina na semana passada para negociar com o atleta e deixou a parte comercial apalavrada, mas não assinou o vínculo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade