Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Sampaio prioriza zaga e espera acertar três reforços em duas semanas

William Correia São Paulo (SP)

César Sampaio não tem conseguido se desgrudar de seu celular. Embora já sem contrato com o Palmeiras, o ex-volante segue trabalhando como gerente de futebol e busca, principalmente, zagueiro. A esperança é de que consiga convencer o Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) a aprovar três contratações até a estreia do time no Campeonato Paulista, no dia 20, diante do Bragantino, no Pacaembu.

“Não posso dizer quantos reforços virão porque temos um colegiado para definir, mas temos três contratações próximas de um fechamento”, disse Sampaio, ciente de que até as eleições presidências no Verdão, no dia 21, o COF tem poder de analisar e até vetar a chegada de qualquer reforço.

Por conta dessa intervenção, além dos problemas financeiros, só chegaram até agora o goleiro Fernando Prass, ex-Vasco, e o lateral direito Ayrton, ex-Coritiba, ambos contratados antes da nova posição do COF. Em compensação, 21 atletas foram dispensados – o lateral direito Vitor, ainda sem acertar com o Goiás, está treinando na Academia de Futebol, mas engorda a lista dos negociáveis.

A única pista que o gerente dá é de que os possíveis contratados já começaram pré-temporada. “Os jogadores que estamos trazendo vinham jogando e já se reapresentaram em seus clubes de origem. Estão fazendo os mesmos trabalhos que estamos fazendo aqui”, contou.

“Se eu falar mais alguma coisa, vão identificar ou se aproximar do jogador. E no ano passado, por vazamento de informação ou anúncio antes de o jogador estar 100% contratado, fomos prejudicados. Outros times usaram informações nossas e acabamos valorizando jogadores dos outros”, prosseguiu.

Como Valdivia não apareceu ainda e o lateral esquerdo Fernandinho segue em recuperação de cirurgia no joelho esquerdo, Gilson Kleina tem só 21 atletas para trabalhar, também porque Bruno Oliveira, Luiz Gustavo, Bruno Dybal, Diego Souza e Vinicius estão com o grupo que disputará a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

A maior preocupação está na zaga, já que Thiago Heleno não renovou, Leandro Amaro busca clube e Wellington foi emprestado ao Atlético Sorocaba. Como Luiz Gustavo está na Copinha, Henrique e Mauricio Ramos são as únicas opções no setor. “Para o grupo que o Kleina quer, temos nos reunido principalmente no sentido de trazer jogadores para esta posição”, falou Sampaio, que já fracassou na tentativa de trazer Torres, zagueiro que o Millonarios se recusou a vender após ser campeão colombiano.

As laterais também são problemas, já que Ayrton é a única opção na direita, assim como Juninho na esquerda. Mas o setor ainda não preocupa Sampaio. “Na lateral direita temos o Ayrton e a possibilidade do Wendel e do Luiz Gustavo. Na lateral esquerdo, o retorno do Fernandinho, a princípio, será entre a primeira e a segunda semana de março de acordo com o que nos passou o departamento médico”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade