Futebol/Copa São Paulo de Futebol Júnior - ( - Atualizado )

Após enfrentar marcação à la Neymar, Neílton aprova comparações

Gabriel Carneiro, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Quando Neílton recebia a bola, pelo menos dois marcadores do Goiás apareciam para tirar seu espaço e tentar o desarme. Reserva do Santos no início da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o jovem de 18 anos foi se destacar apenas na semifinal, como autor dos três gols da vitória sobre o Palmeiras, e na decisão, quando sofreu um pênalti e ainda deixou sua marca na conquista do título após 29 anos de jejum.

A aparência física e o estilo de jogo driblador levaram o torcedor santista à inevitável comparação com Neymar, que não conquistou nenhum título na base, mas atualmente é o maior ídolo do futebol brasileiro. Depois de assistir à vitória por 3 a 1 do camarote e aparecer no campo para entregar medalhas, a estrela santista elogiou: “Ele tem tudo para se tornar um belo craque, porque é um menino bom e de qualidade”.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Ao contrário de Neymar, Neílton foi heroi santista na semifinal e também na decisão da Copinha
Com personalidade forte, Neílton não rejeitou as comparações e se sente feliz por ter suas características assemelhadas a um jogador titular da Seleção Brasileira e pretendido por grandes clubes da Europa. Focado em ter suas primeiras oportunidades no time profissional ainda em 2013, com Muricy Ramalho, o camisa 25 da Copinha reconhece que ainda está bem longe de chegar ao nível do camisa 11 do time principal.

“É bom, mas ao mesmo tempo o Neymar é um grande jogador, não tem comparações. Ele é um ídolo do futebol brasileiro e do mundo. O que eu tenho que fazer é continuar trabalhando forte para fazer meu nome também. É bom que eles estão me vendo com bons olhos”, assumiu Neílton, sem medo de rótulos, e confiante por ter superado a marcação à lá Neymar dos rivais: “Quando eu pegava na bola fechavam dois em mim e ficava difícil jogar. Mas deu tudo certo”.

Treinador do time campeão da Copinha, Claudinei Oliveira está satisfeito pela regularidade de Neílton na reta final do torneio. O atacante ganhou a vaga de titular ‘na raça’: “Neymar é incomparável. Não tem ninguém como ele. No futebol você tem Messi, Cristiano Ronaldo, mas são características diferentes. O jeito que o Neymar joga, as coisas que faz, só ele mesmo. Neílton é um menino que tem que buscar espaço. Eu fiquei feliz por jogar dois jogos bem, mas tem que jogar sempre bem, como o Neymar faz”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade