Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Após primeiro gol, Cícero mantém humildade e promete melhorar

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Um dos reforços contratados pelo Santos para a temporada, o meia Cícero teve participação direta na vitória do Peixe sobre o Botafogo-SP, por 3 a 0, na noite da última quarta-feira, na Vila Belmiro. Com um gol e uma assistência para o tento de Neymar, o segundo do triunfo santista sobre o Botinha, o meio-campista comemorou a sua atuação e prometeu lutar para melhor ainda mais com a camisa alvinegra durante o ano.

“Cheguei para fazer o meu trabalho e o Muricy tem me colocado em uma função que eu gosto muito, como terceiro homem de meio-campo. Eu apareço bem assim, vindo de trás. Fiz um bom jogo, fui feliz no gol, na assistência para o Neymar e em outras jogadas. É isso o que eu espero de mim e (os torcedores) podem esperar isso de mim. Pretendo dar muito ao Santos”, afirmou.

Ainda sobre a sua função tática, Cícero destacou que se torna mais fácil ser o “elemento surpresa” da equipe, contando com a proteção de Renê Júnior e Arouca, no esquema tático armado pelo técnico Muricy Ramalho.

“É uma formação na qual eu chego mais perto dos atacantes. Atuamos com três volantes que vêm de trás e também sabem marcar. O professor pede para o Arouca e eu entrarmos mais na área. O Arouca e o Renê Júnior, quando é necessário, dão o suporte para eu subir. Estamos colocando o que foi planejado pelo Muricy em prática. Esperamos que as coisas continuem a fluir”, comentou.

Apesar da boa atuação e do gol marcado, o primeiro pelo time alvinegro, o meia ressaltou que, tanto ele quanto os seus companheiros, devem melhorar nas próximas partidas. “Temos uma equipe forte e precisamos demonstrar em campo o potencial de cada um. Falta-nos ritmo, ainda ficamos devendo alguma coisa. Fico muito feliz de contribuir para o time, mas vamos melhorar, aos poucos”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade