Futebol/Bastidores - ( )

Com proposta do Catar, Nenê muda de ideia e se afasta do Santos

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

A tentativa do Santos em repatriar o meia Nenê, de 31 anos, sofreu uma reviravolta. Isto porque, mesmo após destacar que não pretendia se transferir para o Oriente Médio, o jogador ficou impressionado com os valores oferecidos pelo Al-Gharafa, do Catar. Com isso, mesmo o Peixe tendo cedido às novas pedidas do meio-campista, Nenê dificilmente deve voltar para a Vila Belmiro.

O empresário de Nenê, Gilvan Costa, deve conversar com a diretoria santista nesta sexta-feira, mas a decisão de ir para o Catar está praticamente selada. No Al-Gharafa, Nenê deve receber R$ 1 milhão mensais de salário. A quantia é o dobro do que foi oferecido pela cúpula alvinegra, na última rodada de negociações.

Apesar do provável desfecho negativo das tratativas com o atleta, o clube praiano já estava ciente de que seria difícil competir com o mercado do Oriente Médio, mesmo contando com a vontade de Nenê em voltar para o Brasil, como um atrativo.

Porém, o Santos não deve perder tempo e, a partir de agora, irá intensificar os contatos com o meia-atacante Carlos Eduardo, ex-Grêmio, que está no Rubin Kazan (Rússia). O Flamengo também está na disputa pelo jogador, que foi para a equipe russa em uma transferência de cerca de 20 milhões de euros (R$ 54 milhões).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade