Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Muricy aprova nome de Assunção e Santos vai tentar a sua contratação

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Com a saída de Marcos Assunção do Palmeiras, o Santos já despontou como um dos prováveis destinos do volante. Na última segunda-feira, o gerente de futebol do clube praiano, Nei Pandolfo, admitiu que a contratação do experiente jogador, de 36 anos, seria interessante, mas que dependeria de um aval do técnico Muricy Ramalho. Segundo o dirigente, o treinador santista aprovou a ideia.

“É um atleta que interessa para qualquer treinador. Todo profissional do futebol admira o Assunção. E não é diferente com o Muricy. Vamos ver se é possível ou não”, disse Pandolfo, procurando se manter cauteloso sobre a possibilidade da transferência vingar.

“Está tudo muito recente, como eu disse ontem (segunda). Ele se desligou e o mercado se movimenta. Mas não tem nada concreto. Existe o interesse e uma sondagem, apenas“, ponderou o dirigente.

A postura de Nei Pandolfo se justifica pela alta pedida salarial de Marcos Assunção. O atleta queria receber cerca de R$ 300 mil mensais no Verdão, hipótese que foi prontamente descartada pela cúpula alviverde.

A quantia que o volante deseja receber também assusta aos dirigentes alvinegros. Pandolfo explicou que o Santos irá analisar a situação. “Toda a contratação tem um processo, que demora um pouco mais, um pouco menos. São valores que sobem e descem e, em cima disso, vamos saber se podemos avançar ou não. É preciso ter paciência”, encerrou.

Torcedor declarado do Peixe, Assunção vestiu a camisa santista por duas vezes, no final da década de 1990. Em 2010, o veterano quase retornou para o clube, mas um desacordo nas tratativas fez com que o jogador seguisse outro rumo, na ocasião.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade