Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Muricy valoriza vitória: “É importante mesmo não jogando bem”

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Com um gol do meia Cícero, no início do segundo tempo, o Santos derrotou o Ituano por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, no Estádio Novelli Júnior. O técnico Muricy Ramalho não ficou totalmente satisfeito com a exibição de sua equipe, ressaltando que alguns aspectos ainda precisam ser melhorados. Apesar disso, o treinador valorizou o resultado obtido fora de casa, que garantiu ao Peixe a permanência na liderança do Campeonato Paulista.

“O placar foi justo. O time enfrentou dificuldades, pois ainda não se encontra bem fisicamente. Por isso, é importante marcar pontos, mesmo quando não jogamos bem”, disse Muricy, nos vestiários do clube praiano.

Na partida contra o Galo de Itu, o comandante santista não pôde contar com o zagueiro Neto, além dos volantes Renê Júnior e Arouca, todos vetados pelo departamento médico. Na zaga, o jovem Jubal estreou. No meio, Adriano substituiu Renê Júnior e o argentino Miralles entrou na vaga de Arouca, modificando o esquema tático alvinegro para o 4-3-3.

Mesmo assim, Muricy Ramalho viu a sua equipe sofrer com a marcação adversária na primeira etapa e o Santos só melhorou após o intervalo, com a saída do centroavante André para a entrada do meia Felipe Anderson, que melhorou a qualidade da posse de bola do time da Vila Belmiro.

“O número de atacantes não significa ofensividade. Não agredimos no primeiro tempo. No segundo, fomos melhores e tivemos mais chances. Ficamos mais com a bola no pé e tivemos o controle do jogo”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade