Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Santos cede, aumenta proposta e fica mais perto de acerto com Nenê

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

As negociações para o Santos contar com o futebol do meia Nenê evoluíram. Depois de ver o jogador, atualmente no Paris Saint-Germain (França), aumentar a sua pedida salarial, o Peixe mudou a sua posição, apresentou uma nova proposta e está mais perto de fechar a contratação do meio-campista, de 31 anos de idade.

A diretoria santista, que já havia estabelecido um acordo referente às luvas, mas tenta parcelá-la, propôs quase R$ 500 mil mensais de salário, se aproximando bastante do que é pretendido por Nenê e pelo seu empresário, Gilvan Costa. O atleta ainda analisa outras ofertas, mas a decisão sobre o seu destino deve ser conhecida nesta quinta-feira.

Nenê recebeu sondagens do Milan (Itália) e do Schalke 04 (Alemanha), maiores rivais do Alvinegro Praiano no momento, para a contratação do jogador. Isto porque o meia não demonstrou interesse em jogar na China ou no Oriente Médio, mesmo tendo recebido propostas financeiras elevadas destes mercados.

Enquanto aguarda a resposta de Nenê, o Santos está precavido e já sondou as condições de negociação com o meia-atacante Carlos Eduardo, do Rubin Kazan (Rússia), ex-Grêmio, que é visto como a principal alternativa do clube, caso as tratativas com Nenê fracassem.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade