Futebol/Mercado - ( )

Santos emperra negociação e Bruno Peres não deve ir para o Inter

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

A situação do lateral-direito Bruno Peres sofreu uma reviravolta nesta sexta-feira. O acordo com o Internacional-RS, que era dado como praticamente certo pelo Audax-SP, dono dos direitos econômicos do ala, e pelo Colorado, esbarrou na diretoria do Santos.

A cúpula santista precisava concordar com os termos da transferência para que o acordo fosse selado, mas não houve acordo, o que deixa o lateral direito até o fim do empréstimo, em maio, na Vila Belmiro.

O Peixe tem a preferência na compra dos direitos do jogador e não aceitaram as tentativas do time gaúcho de parcelar o valor a que teria direito.

Com o fracasso das conversas envolvendo o Inter, o Peixe agora admite a possibilidade de comprar o percentual preso ao Audax-SP, para ficar em definitivo com o atleta. No Beira-Rio, Bruno Peres receberia um ordenado superior ao que ganha atualmente, além de um contrato de quatro anos com o Colorado.

A reviravolta nas negociações explica a postura do técnico Muricy Ramalho, que após lamentar a quase concretizada ida do lateral para o futebol gaúcho, escalou Bruno Peres entre os titulares, no treino tático que orientou na manhã desta sexta, no CT Rei Pelé. A tendência é que o jogador seja titular na estreia santista no Paulistão, diante do São Bernardo, sábado, a partir das 19h30 (de Brasília), no Estádio Primeiro de Maio.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade