Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Com 16 anos em 2002, Rhodolfo diz realizar sonho ao jogar com Lúcio

Edoardo Ghirotto, especial para a GE.Net Cotia (SP)

Homem de confiança do técnico Luiz Felipe Scolari em 2002, o zagueiro Lúcio, à época com 24 anos, se tornou pentacampeão com a Seleção Brasileira como um dos principais defensores do País. Distante de Yokohama, o paranaense Rhodolfo, então com 16 anos, acompanhava o seu ídolo brilhar no continente asiático. Hoje, o atleta garante que realiza um sonho de infância ao formar a zaga são-paulina com o veterano jogador.

Rhodolfo saiu na frente de Rafael Toloi por uma vaga no time titular de Ney Franco e já se mostrou ansioso para jogar ao lado de Lúcio. A primeira oportunidade para os dois zagueiros atuarem juntos virá em 19 de janeiro, contra o Mirassol, na estreia do Paulista. O sonho do defensor só será adiado se o técnico optar por mandar a campo os reservas tricolores – o clube jogará pela pré-Libertadores, contra o Bolívar, apenas quatro dias depois, no Morumbi.

“Sou fã do Lúcio e até comentei com os meus companheiros que sempre me espelhei no futebol apresentado por ele. É um zagueiro que eu tenho acompanhado há muito tempo e sempre observei o seu estilo de jogo. Gosto muito dele e eu realizo um sonho ao jogar ao lado dele”, declarou Rhodolfo, que só perdeu o seu posto para Rafael Toloi durante a etapa final dos treinos desta quinta-feira.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Ídolo de infância do zagueiro Rhodolfo, o pentacampeão Lúcio será titular absoluto do São Paulo neste ano
Hoje com 26 anos, o zagueiro espera que a passagem do pentacampeão pelo Morumbi seja benéfica para todos os atletas da posição. Na visão do defensor, os tricolores têm muito a aprender com a experiência acumulada durante toda a carreira do experiente reforço são-paulino. “Ele é um cara que só acrescenta ao time, porque traz muita bagagem da Seleção e até do futebol estrangeiro. Espero que ele possa passar para nós o que aprendeu lá fora”, completou.

O São Paulo acertou a contratação de Lúcio após sua passagem fracassada pela Juventus, da Itália. O zagueiro só disputou quatro partidas oficiais na Velha Senhora e não conseguiu repetir o mesmo desempenho visto pelos torcedores de Bayern de Munique e Inter de Milão. Mesmo com a falta de oportunidades, o veterano encontra-se em plena forma física e está liberado para estrear junto com o clube nesta temporada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade