Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Lúcio diz que rival tratou jogo como oficial: "Para nós, foi treino"

Tossiro Neto Cotia (SP)

A justificativa para a ruim apresentação dos titulares do São Paulo nos 45 minutos iniciais do jogo-treino contra o Red Bull foi a forma como a equipe da segunda divisão paulista encarou a partida desta quarta-feira. Na opinião do zagueiro Lúcio, o adversário a tratou como se estivesse valendo três pontos e entrou mais concentrado.

"Acredito que a equipe adversária se preparou como uma partida oficial. A gente treinou muito forte nos últimos dias. Talvez seja um dos fatores que tenham trazido um pouco de dificuldade. Nosso objetivo não era dar espetáculo e fazer um excelente jogo. Nosso objetivo é sábado e os próximos dois jogos da Libertadores", analisou.

Sábado é a data da estreia no Campeonato Paulista, contra o Mirassol, no Morumbi. Apesar do empate por 2 a 2 desta manhã, obtido graças a gols dos reservas Rafael Toloi e Aloísio no segundo tempo, o beque de 34 anos não demonstra aflição.

"A equipe está se preparando. Os trabalhos vão diminuir muito nos próximos dias. Já estamos encontrando um entrosamento bom, e o crescimento, a busca pelo ritmo ideal vai ser durante o campeonato, para que a perfeição venha a chegar no decorrer da competição”, observou Lúcio, que voltará a atuar no futebol brasileiro depois de 12 anos defendendo clubes europeus.

"Jogo oficial muda muito. A adaptação é dentro dos jogos oficiais, dentro das competições. Muda totalmente o clima, a concentração, ambiente, preparação. O importante é se concentrar em jogos oficiais. Sem dúvida, (no sábado) vai ser bem melhor", concluiu.

Com o restante do dia livre em Cotia, o elenco volta a trabalhar somente na tarde de quinta-feira, antevéspera do primeiro compromisso da temporada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade