Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Wellington deseja ano sem lesão e com choro somente por título

São Paulo (SP)

O ano que se encerrou na segunda-feira foi especial para Wellington, volante do São Paulo. No primeiro semestre, ficou se recuperando de cirurgia no joelho esquerdo. Na outra metade, alavancou arrancada do time e comemorou seu primeiro título como profissional.

"Foi um ano em que passei do choro da lesão para o choro do título. Isso é gratificante. Espero que em 2013 eu possa ter um ano ainda mais feliz, mais completo e que possa ser campeão outras vezes”, deseja o jogador de 21 anos, lembrando o período de maior dificuldade.

"Toda operação é complicada e o processo de recuperação, além de dolorido, é chato e cansativo. Ninguém gosta de ficar de fora fazendo tratamento, sem poder ir pro campo jogar. Mas infelizmente aconteceu, eu me machuquei”, comentou, agradecendo ao apoio recebido desde a recuperação até o retorno ao time.

A ascensão no Campeonato Brasileiro, que garantiu vaga na Copa Libertadores, e a conquista da Sul-americana, para muitos, foram fruto justamente de sua entrada ao lado de Denilson no meio-campo. Já para ele, não foi bem assim.

"Não acho que o meu retorno fez o time crescer. Com certeza tenho minha parcela de contribuição, mas toda a equipe evoluiu. Passamos a jogar de forma mais compacta e ter mais atenção na marcação, mas isso graças ao empenho de todos jogadores e ao trabalho do Ney Franco", justifica.

O ano novo são-paulino começa para valer na quinta-feira, quando o elenco se reapresenta para um período de pré-temporada, no CT das divisões de base, em Cotia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade