Tênis/Aberto da Austrália - ( )

Azarenka mira novos Slams e festeja entrada em grupo de elite

Melbourne (Austrália)

Com o título do Aberto da Austrália, conquistado na manhã de sábado, Victoria Azarenka passou a integrar o grupo de múltiplas campeãs de Grand Slam em atividade ao lado das russas Maria Sharapova e Svetlana Kuznetsova e das irmãs norte-americanas Venus e Serena Williams.

“Estar na mesma lista que todas essas campeãs é um privilégio. Neste momento, é difícil acreditar. Lembro de quando era uma garotinha de nove anos que jogava contra a parede, imaginando esses grandes momentos. É como um sonho”, afirmou a bielorrussa.

Azarenka venceu a chinesa Na Li com autoridade na decisão e teve sua tarefa facilitada pelos problemas físicos da rival, que torceu o tornozelo duas vezes e bateu a cabeça no piso. O momento mais complicado da campanha da bielorrussa foi na semifinal diante da norte-americana Sloane Stephens, algoz da poderosa Serena Williams.

Antes da quebra de saque decisiva, ela requisitou atendimento médico e paralisou a partida durante cerca de 10 minutos, supostamente para conter o ímpeto de sua adversária. Desta forma, passou a ser vista com desconfiança por parte dos torcedores.

AFP
Tenista bielorrusa Victoria Azarenka faz pose com taça do Aberto da Austrália no Jardim Botânico de Melbourne
“Eu acho que (a forma como fui tratada) foi um pouco injusta. Eu sempre dou às pessoas o benefício da dúvida. Talvez ninguém tenha dado a mim. Mostrar minha personalidade faz parte do meu trabalho”, disse Azarenka logo depois de fazer uma sessão de fotos com a taça no Jardim Botânico de Melbourne.

Mais do que compor a lista de múltiplas campeãs de Grand Slam, a bielorrussa, campeã do Aberto da Austrália também em 2012, pensa em ganhar novos títulos. A meta, de acordo com a atual número 1 do mundo, é conquistar todos os mais importantes torneios do circuito.

“Você não pode preferir um (Grand Slam) sobre os outros porque eles são muito diferentes. É muito difícil. Eu não avalio as minhas chances, nunca olho para as estatísticas. Eu simplesmente tento e faço acontecer”, definiu a jogadora.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade