Tênis/Aberto da Austrália - ( )

Federer derrota Tsonga em cinco sets e duela com Murray na semi

Melbourne (Austrália)

O suíço Roger Federer teve trabalho, como já era esperado, mas confirmou sua classificação às semifinais do Aberto da Austrália com uma vitória sobre o francês Jo-Wilfried Tsonga, também como apontavam as previsões. Cabeça de chave 2, ele venceu o duelo por 3 sets a 2, com parciais de 7/6 (7-4), 4/6, 7/6 (7-4), 3/6 e 6/3, em 3h34min de disputa.

Federer, que busca ser o primeiro jogador da Era Aberta a conquistar o pentacampeonato do Aberto da Austrália, pega na semifinal o britânico Andy Murray. Eles já se enfrentaram 19 vezes pelo circuito profissional com dez triunfos do tenista escocês.

Apenas na temporada passada foram cinco duelos, dois em um curto intervalo de tempo. Na final de Wimbledon, Roger Federer derrotou o tenista local e conquistou seu sétimo título do torneio mais tradicional do circuito. Poucas semanas depois, na decisão dos Jogos Olímpicos de Londres-2012, foi a vez de Murray vencer e ficar com a medalha de ouro.

Federer e Tsonga apresentaram muito equilíbrio no duelo desta quarta-feira, com os dois alternando bons e maus momentos em quadra. O suíço começou melhor a partida, anotando uma quebra de serviço logo no primeiro game, mas o francês devolveu a quebra e a parcial foi para o tie-break. No desempate, quem se deu melhor foi Federer.

AFP
Roger Federer teve que mostrar bom jogo para derrotar Jo-Wilfried Tsonga e avançar em Melbourne
Tsonga jogou com confiança no segundo set, não teve seu saque ameaçado em nenhum momento e aproveitou a única chance de vencer o serviço adversário, fazendo 6/4. A terceira parcial novamente foi parar no tie-break e Roger Federer mais uma vez demonstrou tranquilidade nos pontos decisivos.

O tenista francês não se deu por vencido e manteve a agressividade em quadra, conseguindo 17 bolas vencedoras na parcial contra apenas sete do suíço. Com bom uso de seu potente saque, Tsonga venceu a parcial e levou a partida para o quinto e decisivo set.

Quando precisou, Federer elevou o nível de jogo. Com intensidade e vibrando a cada boa disputa de ponto vencida, o suíço aproveitou a queda de ritmo do francês e abriu 4/1. Tsonga ainda lutou para se recuperar e salvou três match points, mas Federer garantiu a vaga na semifinal com um belo smash junto à rede.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade